Adote um Amigo!

Noticias

Aumentar Fonte Diminuir Fonte

23/05/2012

Hachiko: A história que deu origem a “Sempre ao seu lado”

Sua Vida e História


Hachi-ko ou Hachiko (pronuncia-se HA-chi-ko) nasceu em Novembro de 1923 em Odate, na provincia de Akita, no Japão. 


No ano seguinte o professor Ueno trouxe ele para Tokyo.

Hachi-ko seguia o professor Ueno a todos os lugares. Ele acompanhava Ueno à estação de trem de Shibuya toda manhã e então retornava e esperava por ele toda tarde.

Mas um dia, em Maio de 1925, o professor Ueno não voltou. Ele sofreu um ataque fulminante enquanto trabalhava. Então a Senhora Ueno deu Hachiko a alguns parentes do professor, mas ele escapava constantemente, aparecendo com frequência na sua antiga casa.

Depois de um certo tempo, aparentemente Hachi-ko se deu conta de que o professor Ueno não morava mais ali. Então tornou a procurar na estação de trem onde o encontrara por diversas vezes antes. Dia após dia ele esperava pelo retorno do seu amigo e mestre entre os apressados passageiros.

A figura permanente do cão à espera de seu dono atraiu a atenção de alguns transeuntes. Muitos deles, frequentadores da estação de Shibuya, já haviam visto Hachiko e Professor Ueno indo e vindo diariamente no passado. Percebendo que o cão esperava em vão a volta de seu mestre, ficaram tocados e passaram então a trazer pestiscos e comida para alivar sua vigília.

Por aproximadamente 10 anos contínuos o devotado Hachi-ko retornava a estação de trem de Shibuya, mais precisamente no horário do desembarque do trem em que Ueno chegava, na esperança de encontrar seu mestre. 

Hachi-ko fez isto até a sua morte em 8 de Março de 1935.


 

Memória e Reconhecimento


 

 

Naquele mesmo ano, um dos fiéis alunos de Ueno viu o cachorro na estação e o seguiu até a residência dos Kobayashi, onde aprendeu a história da vida de Hachiko. 

Coincidentemente o aluno era um pesquisador da raça Akita, e logo após seu encontro com Hachiko, publicou um censo de Akitas no Japão. Na época haviam apenas 30 Akitas puro-sangue restantes no país, incluindo Hachiko da estação de Shibuya.

O antigo aluno do Professor Ueno retornou frequentemente para visitar o cachorro e durante muitos anos publicou diversos artigos sobre a marcante lealdade de Hachiko. 

Em 1932 um desses artigos, publicado num dos maiores jornais de Tóquio, colocou o cachorro em evidência. Hachiko se tornou sensação nacional. Sua devoção à memória de seu mestre impressionou o povo japonês e se tornou modelo de dedicação à memória da família. Pais e professores usavam Hachiko como exemplo para educar crianças. 

Um reconhecido artista japonês esculpiu a estátua do cachorro, e pelo país a fora a fama se espalhou e a raça Akita cresceu.

 

Todo ano em 8 de abril ocorre uma cerimônia solene na estação de trem de Shibuya, em Tóquio. São centenas de amantes de cães que se reúnem em homenagem à lealdade e devoção de Hachiko, fiel companheiro do Dr. Eisaburo Ueno, um professor da Universidade de Tóquio.

 


 

Restos Mortais de Hachi-ko


 

Os restos mortais de Hachi-Ko encontram-se sob a guarda do Museu Nacional da Ciencia do Japão em Ueno

Lá pode ser observado corpo empalhado de Hachi-ko (foto abaixo).

 


 

Fotos Históricas


 

Aqui reunimos algumas imagens históricas relacionadas Hachi-Ko.


 

 1 - Imagem de Hachi-ko e de sua estátua lado a lado para comparação.


 

 2 - Estátuas de Hachiko 

 


 

 3 - Esculturas em homenagem a Hachiko 


 

 4 - Hachiko esperando por seu mestre 


 

 5 - Foto histórica da estátua de Hachiko e de seu corpo no Museu. 

 

 Fonte: http://www.dogutti.pl


 

 6 - Imagem de Hachiko na estação de Shibuya. 


 

Livros


 

 

Filmes


 

Veja alguns cartazes de filmes sobre Hachiko. Entre eles o cartaz do filme de Hachiko com Richard Gere, "Sempre ao Seu Lado" e o cartaz do filme original que conta a história de "Hachiko Monogatari".


 


 

 

Fonte: http://www.canilyaruzo.com/a-historia-de-hachiko.htm

Procurar

Curtir

Dicas do Dia

Você já procurou saber por que alguns gatos estão sempre bonitos e com o pêlo brilhante e outros não? Embora seja verdade que alguns gatos nascem com "pêlo bom", os cuidados com a aparência têm um papel importantíssimo também.

Nosso Selo

Adote um amigo! Ajude a divulgar esta idéia! Clique abaixo para copiar o código de nosso selo o código e colar no seu site/blog.

Colaboradores

Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros

Voltar ao Topo